Pages

Assista A Introdução

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

UM SONHO DENTRO DE UM SONHO




E se houvesse outro seu ser
E se fosse possível estar frente a frente consigo
Com alguém que realmente soubesse o que você é
E você também soubesse a perola e o porco do seu ser


Sua sombra
Sua mente
Seus pecados onipresentes

A navalha na garganta te presenteia
Um futuro que carl Jung se quer ousou sonhar

Quem olha para fora sonha
Quem olha para dentro acorda


E quem encontra com si mesmo
Sonha que sonha?
Ou acorda do sonho que sonhava?


Labirintos da mente!



ANDERSONSC




OBS:
***Quem olha para fora sonha quem olha para dentro acorda***
carl Jung








quarta-feira, 9 de novembro de 2011

MINIDEVANEIO 9


OUÇA O ÁUDIO DO TEXTO




Não queira fertilizar meu deserto

Não venha querendo ser meu Nilo

Tudo que você toca apodrece

Cumpra seu destino

Corra com suas águas fétidas

Para fora do meu caminho.


ANDERSONSC

terça-feira, 1 de novembro de 2011

KAMIKAZE

VÍDEO E ÁUDIO DO TEXTO




Já não sei se passei da idade
Ou se sinto tudo isto por você
Ate mesmo se é verdade tudo o que sinto por você
Já não sei, já não sei nem mesmo o que dizer

Mas:

Qualquer dia eu viro um Kamikaze
E me atiro em cima de você
Sobre este seu corpo todo desgastado
Pelo sofrimento que finges viver


Seu mundo é um mundo só seu
Seu corpo você diz ser só meu
Mais seu génio nem mesmo de Deus
Orfeu, oh Zeus


As vezes ate tento lhe entender
E até mesmo de seus braços não correr
Mas junto aos seus punhos trás cansaço
Me amarrando me forçando a substrato ser


Mas não devo me render aos seus desejos
E ser mais um a me juntar aos seus defeitos
Não tem jeito, não tem jeito
Agora só me resta lhe dizer


Qualquer dia eu viro um Kamikaze
E me atiro em cima de você

ANDERSONSC

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

MINIDEVANEIO 7

OUÇA O ÁUDIO DO TEXTO


Queima em brasas tudo que um dia tive como verdade
Me sinto um otário descobrindo mais uma das mil vezes que fui enganado
Não sei se isto me deixa feliz ou triste, mais ou menos preocupado
Pois não sou o único nem primeiro e nem ultimo
Estamos todos juntos neste barco furado
Quem dera fôssemos os ratos
E a muito tempo este barco ter abandonado.

ANDERSONSC

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

HAJA O QUE HOUVER


Vídeo e áudio do texto



Haja o que houve eu estou aqui

Haja o que houver espero por ti

Haja o que houver neste caminho que escolhi

Haja o que houver ei de persistir


Venhas no vento correndo pra mim

Venhas na chuva caindo em mim

Venhas nos prismas secando-me em fim

Venhas na flor que estas em meu jardim


Haja o que houve eu estou aqui

Haja o que houver espero por ti

Haja o que houver neste caminho que escolhi

Haja o que houver ei de persistir


Eu sei quem es

Mas não sei nada sobre ti

Eu sei quem es

Mas não sei bem de mim


Houve o que houve e fiquei aqui

Houve o que houve e eu esperei por ti

Houve o que houve no caminho que escolhi

Houve o que houve e eu persisti


Haja o que houver aguardo por ti

Haja o que houver estarei aqui


ANDERSON SC

As duas primeiras frases deste texto foram retiradas da canção HAJA O QUE HOUVER do grupo PORTUGUÊS MADRE DEUS click no link a baixo e ouça a canção

domingo, 23 de outubro de 2011

LINHA DE RACIOCÍNIO




ouça o texto




Já perdi a linha do raciocínio

Que tende do seguro ao insano

Por causa de um beijo em chamas

Que me chamou de herdeiro de sua herança



Tamanhas foram minhas blasfêmias

E imenso e imundo meus pecados

Que encheram de sangue a madrugada

Bela e ferida por anjos caídos



Adormeci em terras distantes

Acordei em camas estranhas e vazias

Mergulhei na imensidão do vácuo

E encontrei a verdade no falso



Do acaso nada ganhei sem pagar caro

Do descaso abracei e fui corrompido

Presumo que tive o que mereci



Mas ninguém merece morrer assim!



Se há alguém que possa me ouvir

Eu digo que é cedo pra voltar

Ainda não devo partir

Diga-me que posso ficar


ANDERSON SC

quinta-feira, 18 de agosto de 2011


Olhe para meus olhos menina

Diga que es especial

sinta meu corpo menina

Experimente todo meu sal

Junte meus cacos menina

Cole e diga que ate que não ficou mal

Es rosa e tens espinhos

Te toco me choco e es tudo tão experimental

Novo, quente, na verdade ardente

compreende´s


ANDERSONSC

quinta-feira, 16 de junho de 2011

CANÇÃO POPULAR





Tango, Tango, Tango menina
É de carrapicho
Vamos jogar a Lídia
Na lata de lixo

Tango, Tango, Tango menina
É de carrapicho
Vamos jogar a Lidia
Na lata de lixo


A Lídia eu não jogo
E nem devo jogar
Pois eu tenho a Lídia
Para ser meu par


OBS:
Lembrei-me vagamente desta musica que creio ser uma canção popular.
Eu-a cantarolava quando criança porei não tenho certeza se a letra e assim da forma que ai esta escrita.
A mente da gente e algo incrível passamos décadas sem lembra de algo e derrepentemente um brilho surge e se destaca na grande constelação.
Se alguém souber me informar como é a canção inteira eu ficaria grato, pois fiz um pesquisa na Net e não encontrei resultado.
Sei que o final lembra uma outra canção popular chamada "Fui no tororó" porem também sei que não é a mesma, ou talvez minha mente e minhas lembranças estejam me engando.
Apesar de qualquer coisa eu deixo aqui registrado e havendo alguma informação posterior farei uma ressalva.


Andersonsc

Eis ai a ressalva
Agradecimentos a Odair Mercham

*E ai mano blz,no demais tudo na santa paz?

Caminhando pela estrada das letras eis que me deparo com essa pérola do cancioneiro infante folclórico popular brasileiro.

Em minhas pesquisas descobri que o correto é:

Tango, tango, tango morena
É de carrapicho,
Vou jogar a “Maria” na lata do lixo



*Quando todos estavam "na lata do lixo", quem comandava a brincadeira cantava a mesma música, porém trocando o "jogar fulano”, por "tirar “fulano” da lata do lixo".

A segunda parte:

A Lídia eu não jogo
E nem devo jogar
Pois eu tenho a Lídia
Para ser meu par

Não a encontrei em parte alguma, podendo ser portanto uma variação regional.


*Esses versinhos com temática infantil que são recitados em brincadeiras de crianças são chamados de Parlendas.

Possuem uma rima fácil e, por isso, são populares entre as crianças.

Muitas parlendas são usadas em jogos para melhorar o relacionamento entre os participantes ou apenas por diversão.

Muitas parlendas são antigas e, algunas delas, foram criadas, há décadas.

*Elas fazem parte do folclore brasileiro, pois representam uma importante tradição cultural do nosso povo.

É isso ai, espero ter ajudado.

Babalú, babalú é Califórnia,
Califórnia é babalú
Estados Unidos, balança o seu vestido
Pra frente, pra trás, rebola um pouco mais!

Lebra dessa? Hahahaha
olha esse site tem bastante parlendas: http://www.qdivertido.com.br/verfolclore.php?codigo=21


domingo, 15 de maio de 2011

TEMP

OUÇA O ÁUDIO DO TEXTO



Não há mais tempo para abraços
Para desfazer ou fazer nó e laços
Dar receber e juntos abrir presentes
Viver os momentos da vida contente


Antes esperávamos sementes virarem flores
Árvores dares frutos a serem saboreados com amor


Mas tudo isto terminou quando cravamos o machado
Nas árvores do pomar do quintal da vida



Tanto queria parar o tempo
Voltar a fazer aqueles cata ventos



Mas isto foi-se a muito tempo
Hoje só resta partes e fragmentos
Guardados em minha mente insana
De querer parar o tempo



ANDERSONSC



quinta-feira, 28 de abril de 2011

MINIDEVANEIO 8


Descobriu que não era conto de fadas
Quando o final da lenda não foi feliz
Eras a Bela da Fera
Mas por fim a Fera não lhe quis


Esta estoria de Romeu e Julieta
Nada tem haver com queijo e goiabada
Pois seria doce a Cicuta de Julieta ?
E a de Romeu salgada ?


A Rapunzel de hoje em dia tem cabelos curtos
Curtos como o de Elis Regina
Overdose fatal
Deitada em leito de hospital


Chapeuzinho vermelho e lobo mau
Encontra-se com anões do Senado
E ao pé do pé de feijão gigante
Nacos de pão de Maria e João


Mas tais nacos foram devorados
Chapeuzinho por sua vez também
Pois nem sempre finais são dourados
Feitos para serem adorados


ANDERSONSC


OBS: Minidevaneios são uma coleção de pequenas loucuras que escrevi alguns anos atrás em cadernos antigos que as vezes vasculho para reformula-las ou as vezes postar da forma original e como a maioria das tais idéias não possuem titulo, criei este titulo Minidevaneio - Pequenas idéias de estado de espírito de quem deixa se levar por lembranças sonho e imagens.
Fazendo-se uma pesquisa no Google e digitado Minidevaneio também aparecera ate o momento unicamente a pagina deste Blog, ou seja também é uma tática.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Pequena Parte Das Ondas




video



"Todas as formas palpáveis de vida me faltavam.
Agora a estátua que se trajava de beleza está vestida de ruínas.
Meu sangrar corre, mas meu corpo para.
O que movia as folhas? Meu coração? Minas pernas?
Foi isto que sonhei, isto que previ. Este é o meu lugar.
Meus olhos são duros.
Amo e odeio.
Desejo uma só coisa.
Morrer na água castanha onde repousam as folhas mortas."



Poesia de
Virginia Wool
Parte do livro As Ondas

Não deixe de visualizar o video acima

Musica: Legião Urbana - A Ordem Dos Templários
Animação: Michel Vilela
Junção de animação e audio : Machado 1977

domingo, 13 de março de 2011

A MORTE DO SUPERMAN



Audio do texto




Aquele jovem com sua guitarra e sonhos
Fumando em madrugadas aventuras e perigos
Enchendo a cara de Whisky doze anos
Acelerando a mais de cem seu Camaro preto e vinho



Ele se achava o Super Homem
Algo parecido com o homem invencível
Mas já se sabe amigo
Que o Super Homem morreu
E sequer, foi do efeito Kriptonita



A gente fica careta
Depois dos trinta ou quarenta
É o que pensam nossos filhos
Mau sabem pobre meninos



Drogas nos fazem refém
Seja ela vapor, sólida ou liquida
Ela não destrói apenas sua vida
Mas de famílias inteiras



Aquele jovem querido
Que tinha muitos amigos
Hoje só fuma bitucas
Vagando por túneis e trens




ANDERSONSC




sábado, 19 de fevereiro de 2011

ABRAÇA-ME ANTES QUE SEJA TARDE


Hoje só queria um abraço
Me desfazer de alguns laços
Receber ajuda de velhos inimigos
Que desejei te-los como amigos


A gente briga à toa
Se desespera com pingos no oceano
E depois Belém Belém
Quero ficar de bem


Nós somos bem assim!

Mas não deveríamos

Pra que gastar toda esta energia?
E nunca mostra o que sentimos



Hoje eu só queria um abraço
Mesmo que fosse de um desconhecido
Mas é claro que se fosse de você
Ele seria tão bem vindo


Mas hoje foi igual a ontem
E ontem como dias seguidos
Mesmo não ainda necessitando de comprimidos
Fui dormi deprimida.



ANDERSONSC



domingo, 6 de fevereiro de 2011

FAÇA-ME SORRIR TAMBEM




Este teu sorriso nos lábios
junto ao brilho molhado
Que dizem verdades que não sente
Mas fazem doer meu coração


São esta sua verdade
Estas verdades que mentem
Você tomando suas pílulas
E eu de gole em gole em agua-ardente


Já se passaram alguns meses
Eu já não pago minhas contas
você ainda paga seus pecados
Como é que dizia mesmo aquele ditado?


Vão se os anéis ficam os dedos
Antes tarde do que nunca
Ajoelhou vai ter que rezar
Deus fecha uma porta mas abre uma janela


No meu caso ele fechou a janela
E me abriu uma imensa porta
Fazendo me entender que seus valores
Hoje de nada me valem



Andersonsc






quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Nebulosa AtilaT


Em meu céu não havia mais estrelas
Tanto foi o tempo sem uma supernova
Se quer a visão de uma nebulosa
Ver por do sol era motivo de extrema tristeza


Eu roguei por chuva
Sempre achando que a culpa era minha
Acendi fogueira
Queimei-me na vaidade


Agora cá estou
Tentando criar versos
Palavras bonitas que falem de amor


Agora eu sei, que a culpa é sua
Foi você que me vitalizou
Além de abrir os meus olhos
Como linda estrela morena
em meu céu se fixou


ANDERSONSC