Pages

Assista A Introdução

quarta-feira, 16 de junho de 2010

QUANDO PERGUNTAM DE VOCÊ PARA MIM





Pétalas do bem me quer pétalas do mau me quer
Caidas por solo junto as lágrimas de seu olhar
Sol nascente que reluz e nos mostra novos caminhos
Caminhos que não desejávamos
Pelo menos... não separados

Sempre achávamos que sua força era minha
E também que minha luta era por você
Não sabemos onde erramos ou errávamos
E nem por que parler français amour

Seu coração empedrou-se
Lapidei e tentei joia para anel
Não adiantou
Lamentei e chorei
Você por sua vez tambem chorou

Chances desperdiçadas
Talvez mau aproveitadas
Pode chamar do que for
No final deu em nada
Deu em nada nosso amor

Leite derramado
Copos de leite também é flor
Na mesa de centro um Boquet
Foi assim que voce deixou

Vazio, escuro, triste, cômodos
Mas apenas isto não exprime minha solidão
Paredes desbotadas moveis empoeirados
No porta retratos nossa antiga foto preta e branco amarelou

Estranho hoje em dia conversar com amigos
Sejam eles meus, seus ou nossos
Eles fazem pergunta como se o verbo ainda estivesse no presente
Eu não sei como me desvencilhar delas
E creio que o mesmo ocorra com você


E as vezes tenho o pressentimento que a dor fortalece
Mas você sabe, sempre fui péssimo em pressentimentos
A dor apenas faz doer e corroer todos meus talvez bons momentos
Só me resta lembrar que se hoje sinto dor e porque bons foram os momentos
Mas também não quero me lembrar deste bons momentos
Pois são eles que me trazem dor


Eu sei, você me pediu para ser forte e ir além
Já fui e já voltei
E me deparei com a realidade
De nunca mais ter outro alguém.


ANDERSONSC




4 comentários:

Valéria Sorohan disse...

Um sentimento assim, é difícil de esquecer. Entendo mais que perfeitamente.

BeijooO'

.●.※゚・.•°∴ .•☆☥Nath Gótica☥☆.●.※゚・.•°∴ .• disse...

Temos que ser fortes sempre...não importa a circunstância se é difícil ou não!!!!
Com a dor faremos o sabor para a nossa vida fluir divinamente bem!!!
Choraremos o amor que se foi...nos deixa leves para continuar a caminhada...vamos fazer das nossas lágrimas o rio de encantos!!!
Gostei do seu blog!!!
Beijos

Lilian disse...

Olá amigo Anderson,

Quando ao caminhar na jornada da vida nos deparamos com sonhos desfeitos, amor que o deixou insatisfeito, restando dor e ressentimento, é hora de chorar toda lágrima de uma só vez e esquecer devez esse amor imperfeito.

Se quiser guardar os bons momentos, guarda-o no porão de seu coração, um lugarzinho que fica esquecido bem num cantinho escuro, mas o melhor mesmo, é esquecer o que não lhe trouxe alegria e reciprocidade e buscar a felicidade
num outro amor maduro, sereno, terno, que o ame até a aternidade.

Deus o abençoe.
Carinhoso e fraterno abraço,
Vovó Lili

Nina Da Cidade disse...

Existem dores com as quais temos de viver para sempre, elas lembram-nos o valor da vida...
Deixa que as tuas dores te tornem ainda mais forte e especial nesta nossa curta passagem!

As tuas palavras no meu blog continuam a deixar-me cada vez mais agradecida por nos termos cruzado. A existência das "palavras" em nós, serviu para eu saber da existência de mais um ser humano especial com valores que realmente importam. Não deixes nunca de aparecer no meu cantinho tão meu, as tuas palavras tornam-no bem mais especial.
Por tudo isto um enorme obrigado!

Beijo no teu coração