Pages

Assista A Introdução

terça-feira, 4 de maio de 2010

IGUAL NUNCA FOI DIFERENTE






Vamos brincar de brigar
Igual nunca foi diferente
Entre crianças e adolescentes
Ou tudo que se desejou ser



O sol já apareceu
A tarde querendo chegar
A noite vamos nos encontra
E sonhar o que vamos viver



Violões, guitarras, sons e taras
O fogo desperta a curiosidade
A chuva alivia e irriga
A chuva as vezes nos prendem em casa



Não vamos mais brincar
Já não somos mais crianças
O sorriso se esconde
Junto a ignorância


Já passaram da idade
Tem que ter responsabilidade
Acabou-se a infância
Esqueçamos de viver


Prazer
Cumplicidade
Gosto tanto de você
mas não posso mais te ter


ANDERSONSC



1 comentários:

Valéria disse...

Danada dessa responsabilidade!

BeijooO'