Pages

Assista A Introdução

segunda-feira, 17 de maio de 2010

ACORDA ALICE








Quando seu primogênito lhe pedir abrigo
Pedir restos dos restos que um dia foi algo supérfluo
E você não puder atende-lo
Como é e com que palavras você ira explicar
Que não tem, e não poder ajuda-lo



Quando conhecermos os verdadeiros senhores deste mundo
Que foram senhores das guerras senhores das trégua
Distintos engravatados, ordenando exercito de soldados vagabundos
Governavam governos, lideres imundos, heróis oriundos deste planeta
E quando os que acreditávamos serem lideres máximos supremos for nos
revelados que este tais senhores foram apenas fantoches bonecos de ventríloquo



Quando vier o cometa e soar as trombetas
Os ricos, nobres, prestativos, escolhidos e escondidos nos abrigos
Milhares do lado de fora chorando feridos se agredindo
Zumbis morrendo de fome de sede de falta de carinho
Ratos de sobremesa sangue humano aperitivo


Quando o sol não mais dormir
Quando os mares avançarem
Rios secarem nascentes morrerem
A chuva ácida cair e não saciar a sede



Será quando entenderemos o Livro dos Livros
E percebermos talvez tarde ser, para seguir
Com exatidão tudo que nele esta escrito
Seremos uma quantidade inimaginável ajoelhada
Pedindo perdão, também querendo ser arrebatados



Quem dera fosse tudo isto apenas um pesadelo
Pois de pesadelos se acorda se vira o travesseiro
E pode esperar ter um sonho bom



Acorda Alice
Você não esta no país das maravilhas!



ANDERSONSC




2 comentários:

Lilian disse...

Olá querido amigo Anderson,

Adorei sua visita ao meu blog.

Muitas vezes comento em forma de poesia, conforme leio a mensagem e meu coração vai exprimindo o que senti.

Ao ler seu lindo poema, comentei em versos.

O que dizer ao querido pimpolho
Sem negar seu pedido de abrigo
Com um véu cobrir-lhe os olhos
Não deixá-lo ver os perigos

Governos sem honra e imundos
Surgem e povoam a terra
Proclamam a sórdida guerra
Lançam o povo num poço profundo

Mas o reverso logo chegará
Se todos rogarem pelo perdão
Por sua bondade Deus abençoará
Crianças, jovens e anciãos

Deus a todos livrará
Dos pecados remirá
Do pesadelo irão acordar
E o sonho de paz realizar.

Carinhoso e fraterno abraço,
Vovó Lili (Lilian)

Valéria Sorohan disse...

Sabe, dá medo de acordar.

BeijooO'