Pages

Assista A Introdução

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

ESCOLA DA GUERRA


Cabelos desenhados em papeis
Lápis de cores pintam castelos
Giz de cera rabiscam estrelas no céu
Enquanto crianças brincam despreocupada em series


Martelos batem sobre cabeça intelectuais
Uma mancha vermelha agride uma bandeira
No céu azul uma garça negra
Sob olhos a suspeitar do que vira


A esperança nasce em um novo amanhecer
Enquanto bocas desdentadas morrem pela paz
Não foi o estrondo de uma bomba mas sim o grito de liberdade
Vindos de um vomito tardio e sem futuro


Engana-se a ultima linha do horizonte
Homens não morrem à toa quando defendem seus lares
Crianças metamorfose de homens aprendem a lutar
Pois já lutam em seus corações quando aprendem a pintar

ANDERSON SC

1 comentários:

Nina da Cidade disse...

Olá!
Obrigado pelas tuas lindas palavras!
Fica bem um beijinho muito grande