Pages

Assista A Introdução

quinta-feira, 29 de julho de 2010

MINEDEVANEIO 9


Não queira fertilizar meu deserto
Não venha querendo ser meu Nilo
Tudo o que você toca apodrece
Cumpra seu destino
Corra com suas aguas fétidas
Para
Fora do meu caminho.

ANDERSONSC

1 comentários:

Valéria Sorohan disse...

Marcas indeléveis, n'alma e à flor da pele, como a brisa mansa à beira-mar, cedinho, quando o sol inda é uma promessa e a noite quase uma lembrança.

BeijooO*